14.9.08

um título qualquer

,sou um sujeito estranho que gosto de começar as coisas pelo meio, Meto uma vírgula no frente das coisas, invento um título qualquer pra dar cara de começo, e saio da cama com os dois pés juntos pra não dar margem ao azar, Tropeço vez ou outra um monte de vezes, e me coloco nesse risco riscando o rosto com um sorriso,

Minha testa tem alguns riscos em função disso,

,que venham mais alguns,

,acontece que sujeito de certezas grita incertezas sem ponto de interrogação, É estranho, mas é assim, Pois meio que tento modificar paisagens pintando as coisas com os olhos e fico com cara bovina ao ver certo virando errado, errado virando certo, e certo virando errado de novo,

,mas é assim porque começa com vírgula, e se você acha que tava entendendo é porque não leu direito,

,desse jeito acho que o melhor é preencher essa vida com um monte de vírgulas, porque assim empurro o ponto final pra bem longe daqui,

,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,

9 comentários:

ludmila_gama disse...

problema antigo esse né?É o tempo, meu irmão.

Márcia(clarinha) disse...

Põe-se vírgulas ou travessão, ponto final ou de interrogação, assim vamos seguindo nessa vida sem direção, ou não??
;-)

lindo dia
beijos

Ingrid Guerra disse...

Sempre as vírgulas, essas “covinhas” traiçoeiras e irresistíveis. Adoro-as.
Então, você já leu Náusea, meu caro Empírico!? Bom... vamos poder ‘discutir’ a respeito, quando eu terminar a leitura.
Quanto às caixinhas de empilhar gente: morei em tantas, já nem sei com é viver em uma casa, com jardim e tudo o mais.
Super abração procê.

f@ disse...

e ponto e vírgula + reticências e exclamações com pontos de interrogação
entre aspas beijinhos das nuvens

Priscila disse...

Sabe que eu não gosto muito da vírgula !
Eu prefiro as exclamações !!!!

Beijo !
!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

obs.:Profundo não?

pianistaboxeador21 disse...

Bem musical e essa pontuação muito pessoal, me agrda demais.

Beijos,

Daniel

Gasolina disse...

Melhorou.
Bastante.
Porque a intenção do texto está nessa correría - (este travessão é para te espevitar) - e consegues correr a pés juntos? Porque juntos a vírgula separa, é onda que atrasa o rasgo no mar e até no mergulho: tens de a saltar.

(Estou a gostar desta brincadeira... que será que vem a seguir?)

Fica bem
(sem in-te-rro-ga-ção)

Marcia Barbieri disse...

Caminhos são sempre encruzilhadas.

beijos

Joyce disse...

Vírgulas, pontos, começar pelo fim, terminar no iníci... e no fim não existe meio... existe apenas o tempo, que passa e deixa apenas as marcas.