2.2.06

meninos não precisam de Deus

Era assim ó: tinham inventado um nome que depois daquilo a pessoa precisava de uma coisa pra continuar, essa coisa se chamava Deus, o nome daquilo era adolescência. Antes disso Deus estava no andar e no riso. Estava no brincar e no comer. Estava no chorar, e principalmente naquele momento de olhar formigas carregando pipocas em suas costas.

Crianças não precisavam de Deus.

E era na casa Dele que a mãe cismava de levar a criança. Era um monte de canto, que gente adulta e chata cismava de chamar de louvor, era umas falações aborrecidas e que não parava, que gente adulta chamava de pregação. Como os adultos gostavam de falar difícil! Será que era complicado ser de verdade e colocar em palavras coisas mais simples. Parecia para a criança que os adultos tinham um montão de palavras para falar da mesma coisa... Ai, que coisa chata!

Naquela hora eles tavam fazendo aquele negócio que chamavam de oração... Na verdade era um monte de gente grande de olho bem fechadinho e fazendo barulhinho engraçado... Ah, nem fechou os olhos. Ficou olhando pra todo mundo. Era um monte de gente que fazia cara engraçada. Era gente velha levantando a mão pro céu.

O melhor era essa parte. Era por que ninguém podia saber que a criança não estava obedecendo. E olhava. E ria baixinho.

E olhava de novo.
E ria gostoso com a mão na boca.

E olhava de novo.
E olhavam pra ele.

Tomou um susto. Tinha sido descoberto. Na outra linha de cadeira tinha olhos abertos também. Eram olhos de criança que tinham olhado os olhos de criança dele.

Sim, existiam outras crianças.

Fechou os olhos bem apertadinhos. E começou a fazer como adultos.

"Desculpa, meu Deus. Desculpa, meu Deus. Desculpa, meu Deus."
Era naquela voz franca e medrosa que as crianças fazem quando tem medo.

No final. Quando todo mundo ia embora. A criança procurou a outra criança.

Não achou.

Será que tinha sido Deus?

11 comentários:

ludmilesca disse...

Eu me sinto assim até hoje (e isso é meio difícil de confesar).
Muita vontade de rir quando as pessoas estão orando.Eu acho isso meio feio, mas o que é que eu vou fazer? Eu não aguento mesmo!
Tento me segurar sempre!

E acho que Deus não pode ser criança.

Olhos Clínicos disse...

Bonito, namorado...aliás, fofo!

O menininho sabe ver Deus de uma maneira que não sabemos...engraçado é lembrar agora de quando Deus disse que devemos receber seu Reino como uma criança...
Mas imagina se naquele culto de uma hora e meia todos ficassem inquietos?Rs! Ou será que muitos ficam?

Texto puro com título assustador...só uma criança não pensaria nas críticas que eu pensei!

Namolado...amu voce pla calamba!

Cineasta 81 disse...

Eu nunca saí da crença de que Deus tá naquele momento de olhar formigas carregando pipocas em suas costas

Vortex Project disse...

Deus naum criou o homem a sua imagem e semelhança;
O homem criou Deus a sua imagem e semelhança.

Cabeça, fico feliz q tenha gostado dos textos, como amigo de infância sua opiniaum tem muita relevância pra mim.

...Ou Deus é o próprio homem e ...?
Sei lá ... vamos permanecer crianças.

Abs

ariadne disse...

Ah que tempo bom em que eramos ingenuos de verdade.

Moacir Caetano disse...

vou te contar um segredo:
as crianças são os verdadeiros Deuses!

DENISE*** disse...

A EXPRESSÃO MAIS PRÓXIMA DE DEUS,É DAS CRIANÇAS,QUANDO O SÊR( O ANIMAL RACIONAL) CRIA RITUAIS,QUALQUER TIPO DE DOGMA É PARA INTIMIDAR SERES QUE PODEM PENSAR,A NÃO PENSAR.A CRIANÇA DEMONSTRA QUEM REALMENTE É...
A INOCÊNCIA É DE SER INDIFERENTE
QUE O MUNDO FALA...POR QUÊ O SEU
""EU" É QUE IMPORTA!E SABE QUE NESSE MOMENTO DA HUMANIDADE É A NOSSA APRESENTAÇÃO PARA O UNIVERSO!

quina vida disse...

muito bonito. aliás, estou impressionado com o olhar das pessoas que estão escrevendo pra este concurso. me toca. e é o que importa. grande abraço.

Olhos Clínicos disse...

Tá na hora de atualizar, hein?! Cadê meu namorado estimulado criativamente??? Será que só o RPG tem espaço agora???

Amo vc!

Cineasta 81 disse...

O mesmo ainda? Não mudoU?

Teatro de Retalhos disse...

voltei a postar.. pelo menos postei de novo.. ve se visita lá;
e o texto esta otimo!
como sempre ne irmãozinhu..
bjokas.. minha veada!