5.10.05

Afetando o mundo!

Tinha pele, casca. Por dentro era de poesia que era feito. Tinha que se separar daquele mundo sem poesia, cinza, mentira.
Tocava o mundo com as mãos,
tocava o mundo com os olhos.

E mexia no mundo com a língua.

Era assim.

2 comentários:

vanessa disse...

Meu, adorei o título!! lindo! ;D e o texto tá sugestivo, quase malicioso (ou a minha mente q é suja? kakaakk pode ser tbm!) saudadeeeeeeeeeeeee tu não dá mais bola pra mim!!!! ;~(~~~ (hehe, querendo chamar a atenção, de novo!!)

kitsune disse...

é... talvez tenha ficado meio malicioso mesmo...^^