29.11.05

Poema do sol (amanhecer em rimas)

Ela estava naquele humor de quem anoitece. Ele estava a chover.
Ele sabia, intuia, torcia, tinha sol, quem sabe fazia?, em cima das nuvens que sua pele expelia.
Ela imaginava, planejava, orava, o amanhecer quem sabe chegava...

Mas sol quando é sol aparece por si só, nem adianta chorar, esmolar ou implorar...

Ele chovia torrencialmente, todo molhado. Já se via gripado.
Ela noitava em sereno. Pele molhada. Narina melecada.

Ele espirrava.
Ela mau respirava.

Mas tempo quando é tempo passa por si só, não adianta vigiar, parar ou segurar...

Ela ainda não tinha amanhecido,
Ele em si o sol não havia nascido.

Mas os sonhos ventavam, sopravam, empurravam,...

Ele começou a perceber, cheirava a ozônio. Era cheiro de terra, cheiro gostoso, que só sabe quem já em terra mexia.
Ela olhou para seu céu, era tudo infinito. Era estrela brilhante, estrela bonita, que só sabe quem em telhado as via.

E até esqueceram....
sol quando é sol aparece por si só, nem adianta chorar, esmolar ou implorar...,
tempo quando é tempo passa por si só, não adianta vigiar, parar ou segurar...

Era poema solar, se inspira há tempos, mas só se escreve, se de verdade, permanecer na mente.

Ele viu na noite dela o seu ensolarar.
Ela viu o seu amanhecer naquele água no ar.

Nos olhos alvorada,
estavam a brilhar.
Era abraço solar.
E só junto que foi,
eles amanheceram, se ensolararam
Naquela mágica que era um virar dois...

8 comentários:

Olhos Clínicos disse...

E como brilham!!!

Caraca, que saudade!!! Vamos fugir? Rs!

Mil beijocas (...)!!!

ludmilesca disse...

Caramba, isso foi muito lindo!!!!
E me lembrou uma música chamada Amanheceu!

Olhos Clínicos disse...

Tudo bem, tudo bem... eu comento novamente depois de saber a causa verdadeira da inspiração e depois de verificar as modificações.

Pareceu-me ainda mais lindo do que outrora... e o comentário "E como brilham" permanece.

E brilha cada vez mais como resultado de um processo de encontro...planejado, esperado e visualizado por algo superior...com certeza!

Amo Você e Parabéns!!! "Tim - tim" pra nós dois!

Marcelo Soli disse...

e a historinha de dois vai sendo construída....parabéns pra vocês...belo poema....não perca essa inspiração dos dias ensolarados...

Wagner G. Souza disse...

Muito bom o seu poema, parabéns!

Anônimo disse...

heheheheheheh
hahahahahahah
hihihihihihi
hehehehe

Anônimo disse...

eu sou o sol ! muito brilhante mando um beijo pra vc q esta distante

Anônimo disse...

eu sou o sol ! muito brilhante mando um beijo pra vc q esta distante